Você sabe o que é coworking e home office?

Sistema de coworking e home office viram alternativas para os autônomos

Empresas estão optando pelo home office.

Coworking traz credibilidade para o autônomo.

A Sala de Emprego desta segunda-feira (20) mostra como funciona o sistema de coworking e também como fazer o home office sem prejudicar o trabalho. O consultor tributário Marcos Souza Souto transformou a sala de casa em escritório. Ele contratou uma secretária que divide o espaço com os computadores e com os dois gatos dele.

No início eu ganhei menos do que ganhava na empresa. Hoje eu ganho igual e anualmente mais. como o trabalho é sazonal eu tenho que me organizar bem para poder ganhar o dinheiro na época certa do ano”, diz o consultor.

O coordenador de sustentabilidade Carlos Umilta também transformou o apartamento. Um dos quartos virou escritório. Isso desde que a empresa onde ele trabalha incentivou o home Office, que é o trabalho em casa pelo menos duas vezes por semana. “Eu tenho mais tempo para resolver as coisas no fim da tarde, tenho tempo para ir ao supermercado. Queira ou não, o trânsito é um dos fatores que mais estressam a gente”, fala.

Além de disciplina, para trabalhar em casa é preciso ter:

– Uma linha de telefone e um computador que fiquem em um espaço separado do restante da casa;
– Horários para tudo: acordar, almoçar e para o fim do expediente;
– Postura: vestir-se como se fosse trabalhar fora.

A empresa onde Carlos trabalha também criou outras inovações. Ela acabou com o espaço dos escritórios tradicionais. Ninguém tem lugar fixo e quem chega primeiro paga o computador e a cadeira.

“A empresa otimizou os espaços. Ela consegue acomodar mais pessoas no menor espaço físico. Há ganhos para todos os lados, para as pessoas, para o ambiente, para a sustentabilidade”, explica a gerente de bem-estar e saúde da empresa Cristiane José.

Coworking
As secretárias atendem clientes de um advogado, de uma professora de inglês e de todos os 150 profissionais que compartilham o escritório. Cada um paga uma mensalidade e aí não precisa se preocupar com a administração.

“Você tem um número pessoal que a secretária atende com o nome da sua empresa, você tem a utilização da sala de reunião inclusa, um lugar bacana para receber os clientes”, explica o fundador da empresa Fernando Botura.

Para Eduardo Fernandes, que criou uma empresa na internet, a maior vantagem é a flexibilidade para crescer ou diminuir o espaço da empresa. “O projeto começou com três pessoas e depois foi aumentando. Hoje somos seis e há possibilidade de no próximo mês sermos dez. Eu consigo ficar dentro de uma mesma estrutura que se adequa às minhas necessidades.”

A produtora de casamento Ciça Oliveira já se deslocou muito para atender a clientela. Ela se encontrava com os noivos em cafés e até em casa. Ciça estava a um passo de montar um escritório quando conheceu o sistema de coworking.

“Eu atendia o meu celular ou o telefone da minha casa e o fato de hoje ter uma recepcionista que atende, que fala o nome da empresa, que dá o recado, já muda completamente”, relata a produtora.

De cada dez autônomos que trabalham o escritório compartilhado, quatro escolheram esse novo sistema depois de uma experiência anterior trabalhando em casa. Os principais motivos para mudança são a credibilidade de ter um endereço profissional para receber os clientes e a própria organização para fazer o serviço render. Nem todo mundo tem disciplina para trabalhar sozinho em casa.

“Vou dar uma pausa, ver um pouco da TV, sair da rotina. Você acaba ficando muito enclausurada, só fala por telefone. É muito ruim. Você fica fora do mundo e parece que você não pertence a rede de trabalhos”, comenta a jornalista Claudia Alves.

No escritório compartilhado, a rede de contatos da jornalista cresceu e os negócios começaram a deslanchar. “Conheci novas pessoas que até hoje me ajudam no trabalho. O negócio cresceu, a empresa cresceu e está cada vez rendendo mais”, finaliza.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: